Sobre o Colégio ESC

Conheça um pouco da nossa história

História da Escola

A nossa instituição foi criada no dia 4 de abril de 1962. O nome da escola foi inspirado na historia infantil “ O Soldadinho de Chumbo”, cujo autor é Hans Christian Andersen.

Em todos os contos de Andersen percebe-se mensagem de disciplina, elegância, ética, honestidade, solidariedade e AMOR. São esses valores que queremos preservar em nossos educandos desde 1962 e para isso contamos com nosso maravilhoso corpo docente, funcionários administrativos e principalmente com vocês familiares que nos dão preferência, pois vêm em busca do complemento da educação iniciada no lar .

A Evolução

evolucaocolegioesc

Patrono da Nossa Escola

O termo Patrono, tomado do latim, expressa, no entendimento castrense, a figura do chefe notório, cujo nome, só de ser lembrado, fortalece os espíritos, redobra a coragem, inspira o heroísmo, elimina o abatimento e clareia o mundo”.
Luís Alves de Lima e Silva – o Duque de Caxias é o insigne Patrono do Exército Brasileiro, que o reverencia na data de seu nascimento – 25 de agosto – “Dia do Soldado”.
Caxias pacificou o Maranhão, São Paulo, Minas Gerais e o Rio Grande do Sul, províncias assoladas, no século passado, por graves rebeliões internas, pelo que recebeu o epíteto de “O Pacificador”; comandou Exércitos em três campanhas externas: na mais difícil delas, quando em Lomas Valentinas, no ano de 1868, tomado de justo orgulho, bradou aos seus soldados: “O Deus dos Exércitos está conosco. Eia! Marchemos ao combate, que a vitória é certa, porque o General e amigo que vos guia, ainda até hoje não foi vencido!”.
Caxias organizou o Exército Brasileiro, fez-se político, governou províncias e o próprio Brasil, pois foi Presidente do Conselho de Ministros por três vezes.
Não apenas por tudo isso, “O Pacificador” foi o vulto mais exponencial de seu tempo, chamando-lhe os apologistas, de “O Condestável do Império”. O saudoso e venerando jornalista Barbosa Lima Sobrinho o cognomina de “O Patrono da Anistia” e o povo brasileiro, em espontânea consagração, popularizou o vocábulo “caxias”, com o qual são apelidados os que cumprem, irrestritamente, os seus deveres…
Marechal do Exército, Conselheiro de Estado e da Guerra, Generalíssimo dos Exércitos da Tríplice Aliança, Barão, Conde, Marquês, Duque, Presidente de Províncias, Senador, três vezes Ministro da Guerra, três vezes Presidente do Conselho de Ministros, o “Artífice da Unidade Nacional”, eis Caxias, Patrono do glorioso e invicto Exército Brasileiro!
O inesquecível sociólogo Gilberto Freyre, no reconhecimento das excelsas virtudes do Duque de Caxias, assim se expressou:
“Caxiismo não é conjunto de virtudes apenas militares, mas de virtudes cívicas, comuns a militares e civis.
Os “caxias” devem ser tanto paisanos como militares. O caxiismo deveria ser aprendido tanto nas escolas civis quanto nas militares. É o Brasil inteiro que precisa dele”…

Nossa Filosofia

Desenvolver nos educandos habilidades e capacidades que os instrumentalize a analisar e interpretar a realidade, bem como consolidar a formação de valores e atitudes, na busca de uma sociedade que privilegie o ser humano, formando cidadãos capazes de atuar com competência e dignidade rumo a transformação da vida social, almejando uma sociedade mais justa e uma vida mais digna.

Psicopedagoga Institucional: Mª Alice

Missão

“Educar para a vida, em harmonia com o próximo, com os valores da cidadania e com o meio ambiente”

missao

Hino da ESC

soldadinhochumbo

1 2 3 E S C
ESC e Soldadinho de Chumbo
Onde se estuda com prazer
Pois suas letras simbolizam
O que é indispensável pra viver
E de Educação
S de Sociabilização
C indicando a Cultura
Que enriquece o amor do coração

Soldado forte ! Varonil!
Pela pátria, o Brasil
Nossa arma é um ramo de flor
Nosso escudo o coração cheio de amor
Nosso lema é estudar
Nossa mochila é a pasta escolar